Cavalinha

cvln
cavalinha

 

Equisetum arvense

Planta herbácea nativa da Europa, Norte de África, Ásia e América.
São utilizadas as suas partes aéreas, que apresentam na sua composição: sais minerais, flavonóides, ácidos fenólicos, taninos, óleo essencial, entre outros constituintes.

A Comissão E aprovou o seu uso, internamente, em edema pós-traumático e estático, em terapêutica de lavagem em cistites e outras inflamações urinárias e externamente, no tratamento de feridas e queimaduras.

 

Referências Bibliográficas:
Cunha A.P., Roque O.R. Plantas Medicinais da Farmacopeia Portuguesa. Constituintes, Controlo, Farmacologia e Utilização. 2ª Edição. Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa, 2011.